Vejo medo no seu olhar
Um olhar traiçoeiro
Que não sabe mais o que esperar, de si mesmo
O tempo vai passar
E as dores vão curar
E nada que você disser

Vai mudar
As marcas que deixou aqui
Por culpa da sua arte vulgar
Na doçura que te fez mentir
Sinestesia
Sinestesia

Me matou, meu levou
O que eu tinha te pior, o que eu tinha de melhor
Em mim
E quem sou eu, pra dizer
O que você tem que fazer
Pra poder recuperar o que, nãoo

Vai mudar
As marcas que deixou aqui
Por culpa da sua arte vulgar
Na doçura que te fez mentir
Sinestesia
Sinestesia

Eu dei meu melhor
Enquanto eu tive o pior
E isso é tão normal
Nessa vida surreal
Quando todo mundo te ferra
Quando todo mundo quer tiver na merda
(2x)

Vídeo incorreto?