Ah, não quero, não quero e não penso em nada
Amsterdan na área vem, é isso aí...

Nada, não quero nada
Não penso em nada (refrão - 4x) (Ester)
Que não venha de você

Eu não quero nada que não venha de você nada que me faça um dia me arrepender...
Certa vez que falei que sempre seria teu,
Mas parece que esqueceu,
Se perdeu eu que fico assim perguntando pra mim:
Onde foi que eu errei?; (Daniel)
Onde que eu vacilei?;
Quando eu te magoei?;
Sei lá, eu não sei,
No momento quero te encontrar para esclarecer tudo que ficou no ar
E talvez pedir pra você pra deixar pra lá
O que aconteceu ficou pra traz, morreu...
Vamos começar de onde parou a nossa estrada
Eu só penso nisso eu não quero mais nada...

Nada, não quero nada
Não penso em nada (refrão - 4x) (Ester)
Que não venha de você

Então resistir pra que
Se o final eu sei como vai ser
Sempre é assim
Você fica longe de mim
Até eu aparecer e pedir pra você voltar
Você faz uma de difícil e diz que vai se entregar até o sol nascer
Depois vai dar o fora
Diz que vai embora mas que não vê a hora de poder acreditar
Que tudo que eu te falo é serio (Daniel)
Eu não sei onde você acha mistério
Eu tô aqui que nem bobo falando
Minha palavra gastando e você não tá acreditando
Mas vou te avisar que eu já to cansando
Você faz um puta doce mas quem perde é você
Você vai ver quando eu desaparecer
O arrependimento bater
Você vai me querer e o pior é que eu vou querer também (haha)...
essa droga de amor faz agente enlouquecer, tudo bem...

Vídeo incorreto?