Quando eu te vi andava tão desprevinido
Que nem ouvi tocar o alarme de perigo
E você foi me conquistando devagar
Quando notei já não tinha como recuar

E foi assim que nos juntamos, destraídos
Que no começo tudo é muito divertido
Mas sempre tinha um amigo pra falar
Que o nosso amor nunca foi feito pra durar

[Refrão]
Por mais que eu durmo eu não descanso
Por mais que corro eu não te alcanço
Mas não tem jeito, eu não sei como esperar
Desesperar também não vou, não vou deixar você passar
Como água escorrendo nos dedos
Fluindo pra outro lugar.

Ninguém pode negar que o nosso amor é tudo
Tudo que pode acontecer com dois bicudos
Não são tão poucas as arestas pra aparar
Mas é que o meu desejo não deseja se calar

Até os erros já parecem ter sentido
Não sei se eu traí primeiro, ou fui traído
Não te pedi uma conduta exemplar
Mas é que a sua ausência é o que me dói no calcanhar

[Refrão]
Por mais que eu durma, eu não descanso
Por mais que corra, eu não te alcanço
Mas não tem jeito, eu não sei como esperar
Desesperar também não vou, não vou deixar você passar
Como água escorrendo nos dedos
Fluindo pra outro lugar.
Será sempre será
O nosso amor não morrerá
Depois que eu perdi o meu medo
Não vou mais te deixar.

Vídeo incorreto?