Lembra quando eu bati no seu portão
Era de tarde, eu estava quase sem noção
Pedi a sua mão e o seu pai me disse: Não

Desci aquele morro, peguei o buzão
Cheguei em casa triste, fiz a Deus uma oração
Senhor, me ajude, troque um dia
Pelo sim aquele não

Fiquei quietinho no meu canto e só observei
Peguei meu coração ansioso e descansei
Enquanto isso, a gente se olhava
Nos cultos eu sentava ao seu lado, era de lei

Os anos se passaram, a gente amadureceu
E olhando de perto o seu pai me conheceu
Quem sabe sua mãe falou pra ele:
Marido, é de Deus

Depois de seis anos, eu voltei lá
No mesmo endereço, sentei no mesmo sofá
Falei a mesma coisa, mas soou diferente
Seu pai me disse sim pra alegria da gente

Um ano de namoro as alianças eu comprei
Dois anos se passaram e com você me casei
Minha família é o maior sucesso
Que eu conquistei

Meu sucesso é você
Não há fama, não há auge
Que deslumbre o nosso amor
Nossa história é mais forte
Que o momento que chegou
Nossa aliança é ouro que no fogo se formou

Meu sucesso é você
Nossas vidas se uniram
Foi um plano do Senhor
Grandes coisas passam
Mas não passa esse nosso amor

Vídeo incorreto?