Sou cigano apaixonado, não sei o que vou fazer
Já urrei comendo grama, fiz tudo pra esquecer
Se ela não regressar, não tem razão de viver
Minha boca outra não beija, minha água é cerveja
Bebo, bebo , vou beber

Quando estou em desespero , tomo cerveja
Esbanjo dinheiro , falo seu nome o tempo inteiro
Preciso tanto te encontrar
Boêmio da madrugada, se alguém conhecer a minha amada
Cruzar com pela estrada , diga pra ela pra me ligar

Quando estou em desespero , tomo cerveja
Esbanjo dinheiro , falo seu nome o tempo inteiro
Preciso tanto te encontrar
Boêmio da madrugada, se alguém conhecer a minha amada
Cruzar com pelas quebradas , diga que estou a te esperar

Vídeo incorreto?