Desculpe seu marca touro,
Não quis causar confusão
Não sabia que o senhor
Hoje estava de plantão

Eu to quieto no meu canto
Aqui de baixo do balcão
Desculpe se marca touro
O senhor tinha razão

Quando piá foi coroinha
Na capela do rincão
Eu não sou galo de rinha
Sou de paz e bom cristão

Se cheguei de atravessado
Não foi por má intenção
O diabo estava do lado
Me assoprando maldição

Refrão
Não me achico pra fumaça
Que um balaço faz no estouro
Mas peso benção de graça
Pra templa de um marca touro

Eu sou pai de duas cria
Carinhoso e bem casado
Sou mimoso da minha tia
E vizinho do delegado

Me confesso no domingo
Não é que eu tenha pecado
Mas de tanto levar susto
Sou até traumatizado

O meu rancho pegou fogo
Mais ou menos cinco vez
A mulher não comparece
Já faz uns trezentos mês

Em casa a coisa ta feia
Que arroz já é banquete
Ganhei sozinho na loto
Mas extraviei o bilhete

Por isso seu marca touro
Peso a sua compreensão
Não me de mais um estouro
Que o meu couro tah um vergão

Um abraço pra família
Pra faquinha e pro facão
E pra esse moço educado
Que lhe tem na sua mão

Refrão

Vídeo incorreto?