Vontade tenho de roubar um beijo
Quando estás dormindo
De me deitar ainda no teu leito
E devassar teus sonhos
Vontade tenho, morro de vontade
De que algum dia possa ser seu dono
E te roubar o sono
Vontade de sentir teu fogo
Todo no meu corpo
A rua voz baixinho me dizendo
Que faz tão frio
Que ainda te abrace mais
Vontade de provar
Cada desejo que te assalta
Até que digas que me queres
Ao lado teu na cama, no teu lugar

Vídeo incorreto?