Aperta que ele vai falar, aperta que ele vai viver
Aperta que ele vai dizer que ninguém vem ao mundo pra sofrer

Cara eu tenho pra mostrar, perna eu tenho pra correr
Mas se a polícia suspeitar, mão na cabeça
"Deus do Céu o que vai ser?"

Aí nem todo o meu bom português
Servirá pra me salvar
E aos cuidados de vocês
Minha cabeça vai rolar
Mas ao crime de verdade
Tens que se subordinar

Aperta que ele vai curtir, aperta que é pra viajar
Aperta mas toma cuidado pra não dar bandeira pros meganha não
pegar

(Com) Meu dinheiro eu vou queimar a certidão só pra nascer
Vê se separa algum pra subornar a guarnição
Sem documento "cê" não é você

refrão (2x):
suco de quiabo, suco de quiabo, quiabo cabô

Vídeo incorreto?