Batismo de sal

Nos caminhos desta vida que a gente percorre
Sem saber se anda, se espera ou se morre
Sem saber se canta, partir ou chegar
Peregrino da saudade, da canção ternura

Meus olhos apontam o fim da procura
Num caminho livre a beira do mar
Guaica, guaica, namorada do céu e do mar

Meu batismo de sal foi aqui
Tua areia, teu sol, meu lugar

Quem quiser seguir comigo, ouvir o som da vida
Devolver ao peito esta fé perdida
Quero um horizonte de pegar com a mão
Venha coração aberto, ver minha guarita

Onde a natureza se fez mais bonita
E um ar de ciúme se tornou canção

Os meus olhos apontam o fim da procura
Num caminho livre a beira do mar
Guaica, guaica, namorada do céu e do mar

Meu batismo de sal foi aqui
Tua areia, teu sol, meu lugar

Vídeo incorreto?