Estou boquiaberto
Não sei o que é certo
Também já não sei o que é errado
Eu leio o que a lei
Me diz para fazer
Mas olho em volta e ninguém faz
Então não faço

Amasso a convenção
Fumo na condução
Jogo no chão o maço de cigarro
Avanço o sinal
Suborno o fiscal
E todo mundo faz igual

Quando é que a gente vai poder
Olhar no espelho e ver
Algo que pareça ser o que nós somos
Quando é que a gente vai perder a mania de querer
Algo que pareça ser o que não somos

Estou boquiaberto
Não sei o que é real
Também já não sei o que é fantasia
Vivemos na loucura
Mas isso é normal
Se você veste a hipocrisia
Ou se torna insensível

E a realidade sem sensibilidade
Se transforma numa guerra fria
O ódio empacotado
E o sorriso forçado
Congelam nosso dia a dia

Quando é que a gente vai poder
Olhar no espelho e ver
Algo que pareça ser o que nós somos
Quando é que a gente vai perder a mania de querer
Algo que pareça ser o que não somos

Eu tô boquiaberto e já não sei o que é errado
Leio o que a lei me diz pra fazer mas não faço
Amasso a convenção, jogo no chão o maço de cigarro
Avanço o sinal, mas todo mundo faz igual....

Vídeo incorreto?