Eh devagar
Devagarinho
Um carinho
Um coração
Braços que me abraçam
Com o sopro da paixão Eh, devagar
Bem de mansinho
Um café
Um cafuné
Pernas pra que te quero
Correndo embaixo dos lençóis A tarde se passa, preguiça voraz
Dedos passeiam no relevo de meu corpo que descansa em paz Eh, vamos lá
Não diga as horas
Esqueça os dias
Quem somos nós
Pergunte novamente tudo às estrelas e aos sóis E devagar,
Vou divagando
Não me levanto
Também, pra que?
Beijo, bocejo num jardim da América do Sul
Quem nunca sentiu vontade de que o mundo girasse em torno de si ?

Vídeo incorreto?