É sempre assim, é tudo igual
Promessas de fim de ano
Arranjar um emprego, me apaixonar
Entrar na academia e começar a malhar


Mas esse ano vai ser diferente
Em fevereiro tem carnaval
Vou levantar poeira, me acabar
Eu quero ver o mundo todo balançar
Vou levantar poeira, me acabar
Eu quero ver o mundo todo balançar


É sempre assim, é tudo igual
Ressaca de carnaval
Vou parar de fumar, parar de beber
Juntar dinheiro e emagrecer


Mas esse ano vai ser diferente
Tem copa do mundo
O Brasil vai ganhar, vai ser campeão
Em outubro a eleição
O Brasil vai ganhar, vai ser campeão
Em outubro a eleição


É sempre assim, é tudo igual
Promessa de candidato
Acabar com a fome e a inflação
Combater a miséria e a corrupção


Mas esse ano vai ser diferente
Ninguém vai me enganar
Chega de mensalão, de corrupção
Nunca mais eu vou votar em político ladrão
Chega de mensalão, de corrupção
Nunca mais eu vou votar em político ladrão


É sempre assim, é tudo igual
Promessas de fim de ano
Arranjar um emprego, me apaixonar
Entrar na academia e começar a malhar
Vou parar de fumar, parar de beber
Juntar dinheiro e emagrecer


Não vou mentir, nem me iludir
Não vou ficar parado vendo o tempo passar
Não vou ficar parado vendo alguém me roubar
Não vou ficar parado vendo o mundo girar
Não vou ficar parado vendo alguém me roubar


Vou começar agora, nesse segundo
Vou fazer do Brasil o melhor do mundo
É agora, nesse segundo
Vou fazer do meu país o melhor do mundo

Dane-se tudo!

Dane-se o mundo!

Vídeo incorreto?