Fogo que não para
De queimar o coração
Vontade de estar
Sem qualquer preocupação
Só pra ver o sol morrer atras do morro
Ver que sua ausência
Vai mudando a cor do céu
Perceber que a noite vai chegando

Quem disse que o tempo tem que ter utilidade
Tempo não é algo que se compra ou se produz
Está dentro de nós, da nossa vontade
Viver só vale a pena quando provoca saudade
De querer fazer de novo só porque é bom

(Refrão)
Sempre que puder
Vou querer saber o sabor
Do que é bom na vida
Ter prazer ou dor
Seja lá o prêmio que for
Eu vou querer saber o sabor

A simplicidade das coisas me seduz
O céu fica mais lindo quando falta luz
Inventar desenhos na forma de uma nuvem
Olhar a noite inteira a lua passear no ceu
Até não se dar conta que o tempo passou

(Refrão)
Sempre que puder
Vou querer saber o sabor
Do que é bom na vida
Ter prazer ou dor
Seja lá o prêmio que for
Eu vou querer saber o sabor
Eu vou querer saber o sabor
Eu vou querer saber, sempre, sempre
Sempre que puder vou querer saber o sabor
Do que é bom na vida
Ter prazer ou dor
Seja lá o prêmio que for
Eu vou querer saber o sabor

Vídeo incorreto?