Essa tarde que cai é uma dor
Que se apaga no anoitecer
É uma raiva de quem não amou
Não gastou seu querer
Viveu sonhando
Inventando alguém
Saiu perdendo sem nem ter apostado
Nem ter provado
Vivendo em vão
Vivendo em vão
Fotografia da solidão
E a tarde caindo em dor
É prenúncio da noite que vem
Como a raiva que antes queimou
Se esfria também
Agora nem penso
Nem tento lembrar
Passou o tempo e o momento de amar
Se cristalizou
Vivendo em vão
Vivendo em vão

Vídeo incorreto?