Sei que não devia dizer dessa paixão
Uma palavra pouco exata
Ou ir embora sem uma explicação

A madrugada fez o diz amanhecer
Numa conversa ao telefone
E acabar numa discussão

Desligo e fico aqui do meu lado
Imaginando o seu olhar quase aguado
Vagando entre uma música e outra
Na janela, num CD
Todo mundo que me encontra quer saber de você

Lembranças escorrendo pelos meus olhos vidrados
Na TV fora do ar
Ouvindo a mesma música sem parar

Manhã, luz acesa, o tempo nublado
Nossa história pelo chão
Eu fico tão cansado de falar

Sabendo que eu ia te ligar
Enrola e demora
Só pra me fazer esperar
Se vinga e vai à forra
E deixa o telefone tocar.

Vídeo incorreto?