Eu quero ser como a chuva ácida que cai sobre os monumentos de atenas
Eu quero ser como a radiação impiedosa de chernobyl
Eu quero ser como as águas do dilúvio sobre a terra
Eu quero ser como as lavas do vesúvio sobre pompéia

Eu não vou passar o resto dos meus dias fazendo tudo igual

Eu quero ser como os mangues, onde brota a vida num segundo
Eu quero ser como os fogos de artifício na noite de ano novo
Eu quero ser como o sol que ilumina nossas vidas
Eu quero ser como a estrela que guiou os reis à manjedoura

Eu não vou passar o resto dos meus dias fazendo tudo igual

Eu quero ser a força destruidora
Que traz mudanças para o mundo
Eu quero ser a força criadora,
Que constrói um mundo diferente a cada dia

Eu não vou passar o resto dos meus dias fazendo tudo igual.

Vídeo incorreto?