É muito tempo na pista pra pouca idade, é verdade
Mas os melhores momentos foram devido a minha humildade
Não é viagem não fei, sei que eu já te flagrei
Tua caroça é meio a meio, se acha que eu não me liguei? Hey
Tem pra falar mal, pra gravar já não é igual
Os caras se achando o tal, legal, pra mim é normal
Essas figuras brotando, cada vez mais tão falando
E já que eu to incomodando, fechou, deu certo o plano
Ces não enxergam mais nada, suas cabeças são bem quadradas
Formadores de opinião não formam minha caminhada
Nem nada, nem uma piada, acrescentam na minha estrada
Muito menos botam feijão no prato da minha casa
Furada tu acreditar nos tabloides da internet
Noticias são fracassadas, tão fracas como na rua um nerd
Nada se perde, só se conquista, com correria, anos de pista
Nada se cede, nem que se ferre, lute no dia, não perca a vista
Chega a ser engraçado quando essas caras falam comigo
É o mesmo discurso ruim e repetido
Bando de otário querendo ser amigo
Eu já não ligo, sou mais que isso, eu só humilho pra eles gritarem
Enquanto minha vida eu não mudo não surdo, sigo no trilho, sigo a viagem
Tenho contas pra pagar e meus pais não tão bancando
Nem moradia, nem gasolina nem nada disso que ces tão pensando
Até nessa hora, tão atrasado, até falar merda tá complicado
Mesmo assunto de sempre, uns argumentos atualizados
Não é engraçado? Mó viagem, zoou fácil, sem massagem
Se colar no meu rolé, passa mal, vê miragem
Tatuagem vai na cara, e a marca quem sabe sara
Pra aprender a ser sujeito homem tem que ter palavra
Joia rara nas pessoas que tão nessa rindo a toa
De quem perde tempo nisso e de quem ganha tempo e voa
To na boa, to sem vicio isso é o inicio do meu oficio
Se fosse pra ser do inicio repito sem sacrifício

Vídeo incorreto?