Ai que triste é amar sem esperança
Ai que triste é chorar por este amor
Se eu via nos teus olhos confiança
Confiança neste alguém que nunca amou

Hoje tenho as carícias do abandono
Quem me abraça é a dor desta paixão
E o consolo que hoje tenho é a bebida
E o perfume que restou foi solidão

Ai que triste se ela foi e me deixou
Ai que triste, com quem vive eu não sei
Se voltares, te esperando aqui estou
Pois te amo teu perdão eu te darei

Teu passado para mim nada importa
O que foste para traz vamos deixar
Vem querida que meus braços te esperam
Te abraçando morrerei ao te beijar


Teu passado para mim nada importa
O que foste para traz vamos deixar
Vem querida que meus braços te esperam
Te abraçando morrerei ao te beijar

Vídeo incorreto?