Menino moreno abriu o portão da Amazônia
Deixou sua aldeia e foi pro Rio a cantar
E viu a princesa de pele clara como a lua

Fitou os seus olhos azuis
Cor do céu do seu lugar
Cantou e se encantou
Que bela forma de amor

E nunca ninguém viu tanta nobreza
No canto menino moreno
E nos olhos da princesa
E Menino moreno abriu...

Vídeo incorreto?