Tomara que em outros braços
Sinta meus abraços te despertar
Tomara que se pensamento
Naquele momento faça me mim lembrar.
Tomara que sinta meus lábios
Quando ele por acaso forte beijar
Tomara que seja obrigada
A pensar em mim pra se realizar.

Confesso que estou inconformado
Não fui o culpado da separação
Apenas te amei demais
Foi um exagero da minha paixão
Por isso se quiser voltar
Deixo aberta a porta do meu coração.

Eu vou ficar te esperando
Até o fim da vida se possível for
E não adianta insistir
Não vou desistir de ter seu amor.
Pra que seja infeliz
Nos braços de outro eu sou torcedor
Enquanto te espero querida
Na taça da vida bebo a minha dor.

Vídeo incorreto?