Do ponto de vista de minha varanda
Entardecido o sol se deita em minha rede
Tentando roubar minha sede de solidão
A noite filtra o tom de âmbar
Luzes na colina
Anoiteceu
Eu tenho medo
O medo aflige
Aperto no meu coração

A noite abre a boca
Engule sangue
Escuto uma guitarra
Digere a som, a farra e a bebedeira

A noite abre a boca
Engule sangue
Escuto uma guitarra
Digere a som, a farra e a bebedeira

Vídeo incorreto?