Pudesse meu ideal
Que é o Carnaval
De encantos mil
Valorizar neste poema
Cor de anil
Verossímil
E levá-lo coroado
Pelas galas da História
Relembrando a memória
Do meu querido Brasil

Pudesse um dia
Juro faria
Do samba o maior herói
Concorreria com as vitórias
Que existiam entre nós
Seriam páginas de intenso fulgor
E o passado teria maior valor.

Pudesse meu ideal
Que é o Carnaval
De encantos mil
Imortalizar neste poema
Cor de anil
Verossímil
Elevá-lo coroado
Pelas galas da história
Relembrando a memória
Do meu querido Brasil
Pudesse um dia
Juro faria
Do samba o maior herói
Concorrerias
Com as vitórias
Que existiam entre nós
Seriam páginas de intenso fulgor
E o passado teria mais valor
A própria musa
Triste confusa
Homenagem a ti ergueu
Se não sou eu
Pobre andaluza
Nem o nome dava musa
Que contei é samba banal
Valorizado só no Carnaval

Vídeo incorreto?