Toma as minhas mãos Zingara
Diz-me logo que destino o meu
Fala de quem amo
Eu nada reclamo
Porque sei que ela não me pertence mais

Vê se nos meus olhos Zingara
Brilha o ouro dos cabelos seus
Diz-me se ela volta
E se pensa em mim
Diz-me agora no que é que eu devo crer
Se está escrito que a perderei
Como neve ao sol estarei tão só
Até quando.

Toma as minhas mãos Zingara
(estribilho)

Lê nas minhas mãos Zingara
Traço a traço que será de mim
Meu amor não cansa
Dá-me esperança
Que eu preciso só pra viver

Toma as minhas mãos Zingara.

Vídeo incorreto?