Alô, alô meu amigo marciano, eu só queria te dizer
Que aqui na terra às vezes é chato prá se viver
Tem coisas que doem nos nervos, ai meu Deus que agonia
Tem tanto otário querendo ser estrela de TV
Morrendo de overdose de melodrama e alegria
Ei marciano mande-me um disco voador
Que venha cheio de poesia, de idéia e atitude
E que traga energia pro cérebro desta juventude
Que transa pela internet, não se vive e nem mete
Na cabeça o valor do pensamento
Se a censura midiana proíbe reflexão
Vou fazer musculação, vou ficar forte igual um jumento
Vou me desligar do mundo, mandar tudo se fudê
Vou tocar fogo em Brasília
Eu sou um Nero brasileiro esperando por você
Eu sou um revolucionário, incendiário, eu vou te bombardear
Eu sou um terror, eu sou o amor, vou fazer você pensar/Quero ver você pensar

Vídeo incorreto?