Eram dez horas da noite eu liguei a vitrola,
Quando bateram na porta do apartamento
Você entrou sorridente ao lado do noivo,
E me entregou o convite do seu casamento

Antes tivesse me dado um terrível veneno,
Para acabar de uma vez o sofrimento meu
Porque eu sempre esperei que naquele convite,
Um dia eu visse meu nome ao lado do seu

Ainda me convidou para ser seu padrinho,
Uma desculpa arranjei e lhe disse que não
Como eu podia na igreja entregar a outro,
O amor que tanto esperei para o meu coração

Dizem que o branco é paz mas aquele convite,
Dentro de um branco envelope marcou o meu fim
Voltei pra minha vitrola e ouvi terminando,
A canção que parecia ser feita pra mim:
Quem devia casar com ela

Vídeo incorreto?