É no gemido da sanfona, é no batidão da viola
No toque da zabumba, do pandeiro eu vou gastando a sola
É no gemido da sanfona, é no batidão da viola
No toque da zabumba, do pandeiro eu vou gastando a sola

Sanfoneiro, rasga o fole, zabumbeiro, vamos lá
Cadê o repique do pandeiro, eu quero ouvir a viola chorar

E o forró se desmantela, o suor molhando a roupa
Vez em quando uma na goela enroscado nessa moça
A porta ta sem tramela, só não entra quem não quer
Ta vazando pelo ladrão, ta derramando mulher


(Refrão)


(Refrão)

Sanfoneiro, rasga o fole, zabumbeiro, vamos lá
Cadê o repique do pandeiro, eu quero ouvir a viola chorar

E o forró se desmantela, o suor molhando a roupa
Vez em quando uma na goela enroscado nessa moça
A porta ta sem tramela, só não entra quem não quer
Ta vazando pelo ladrão, ta derramando mulher


(Refrão) 2x

Vídeo incorreto?