Alguém sabe do nosso caso
Alguém como ninguém
Quem tem saudade
Do olhar, do prazer
Da doce sensação que é viver
Do teu lado
Eu morro de ciúme do teu ex-namorado
No stress do dever
Qualificar sem entender, ai de mim
Eu tô confuso e infeliz
Minha carreira pôr um triz
Quase o fim

Eu preciso dar um rolê
Para poder espairecer
Meu viver, meu viver
Estou infeliz pôr duvidar
De quem eu sempre quis
O vírus faz eu me perder
Com um ciume louco de você

Vídeo incorreto?