[x2] só quem é, só quem é,
Só quem é sobrevive e segue na missão!

Bocas fechadas, pra mim não valem nada
O interesse é abrir sem contos de fadas
Se veio fácil, então vai fácil, ninguém dá valor
Pois, o sabor de uma vitória é suportar a dor
Não tem caô, muito menos conversa fiada
Um degrau de cada vez, fortalece nossa caminhada
Nessa estrada cada um faz a sua história
Colecionando derrotas e vitórias
Pra descobri na real quem é quem
Pois pra chega no topo, eu não preciso pisar em ninguém
Pois na vitória é fácil jogar flores
Difícil é conviver com a derrota em meio ás dores
Talvez o som que eu compunha não faça sucesso
Talvez a vida me ignore, tipo um retrocesso
Mas foi assim que eu aprendi não me ligar a isso
Pois só quem é sobrevive, segue o compromisso
Muitos projetos esquecidos, deixados de lado
Pra investi nessa incursão e ser mais um soldado
Financiado com suor de minha própria classe
Pois o guerreiro não desiste, segue no combate.

Só quem é sobrevive e segue na missão
Pra resgata e relata, ser a voz dos irmãos
Na correria, o suor vira canção
Quem tem atitude faz rap com coração

Só quem é sobrevive, sobrevive na missão
Pra resgata, relata, ser a voz dos irmãos

Mais uma noite sem dormir, não parei de escrever
O sentimento de revolta segue a fortalecer
Alimentando nossas mentes pra revolução
Pois só quem é sobrevive e segue na missão
Tô na função irmão, não to sozinho
Com um a par de aliados, sigo no caminho
Quebro os espinhos, o rap é meu caminho
Tirar da minha ponta os maluco zé povinho
Que, sabem criticar, falar mal, tá ligado?
Mas quem vive do meu lado absorve o meu recado
Ou, tem que se cuidar, vendo o som bate pesado
É embaçado, o crime, o ódio que reprime
O processo de exclusão que não abala o nosso time
Na guerra, na luta, em prol da paz
Tem mais, além do raciocínio, no grupo de extermínio
A mente do poeta não se encontra o seu domínio
Vai além, doou o holocausto plano da guerrilha
Em prol dos manos.
Parceiro, aliança, no rap tem que ter muita vontade
É , pois é só quem é, sobrevive e segue no combate.

Só quem é sobrevive e segue na missão
Pra resgata e relata, ser a voz dos irmãos
Na correria, o suor vira canção
Quem tem atitude faz rap com coração

Só quem é sobrevive, sobrevive na missão
Pra resgata, relata, ser a voz dos irmãos.

Graças a ti senhor, consegui abrir os olhos
Mudar de vida, trocar de repertório
O rap me ensinou que a guerra é sem valor
Que a vida vale menos, quando não se tem amor
Ó meu senhor, eis o nobre sofredor
Que acredita na vitória, sem temer, sem temor
Num sistema, que destrói na febre, corrói
Mas os loco que se matam, não estudam nossa voz
Tâmo ai na ilusão, ó, no dinheiro fácil
O homem sem pensar, vai de encontro ao fracasso
Enquanto isso, eu tô aqui, firmão, sigo em frente
No rap pelo rap, só quem é tá com a gente
Quem acreditou, quem nunca desandou,
Quem corre pelo certo, faz o rap com amor
Mas sem tirar ninguém, respeito é pra quem tem
Só quem tem atitude, não desiste, vai além
É, segue na missão,
É, sem competição,
É, só sangue bom,
Que na rima aterroriza, acelera o coração
No verso da canção, todos juntos, unidos, em prol da revolução.

Só quem é sobrevive e segue na missão
Pra resgata e relata, ser a voz dos irmãos
Na correria, o suor vira canção
Quem tem atitude faz rap com coração

Só quem é sobrevive, sobrevive na missão
Pra resgata, relata, ser a voz dos irmãos

[x2] só quem é, só quem é,
Só quem é sobrevive, segue na missão!

Vídeo incorreto?