Quem aqui nunca chorou ou viu alguém chorar
Em um mundo de rosas espinho a ti perfurar
As idéias fracas te puxando para baixo você
Se perguntando o que é que eu faço o dia fica
Escuro seus amigos se vão mais sempre tem
Mais um pra te jogar pelo chão se levanta
De uma vez ou fica caído o que faz você
Pra não fica mais ferido eu me levanto
Fico de pé e sorrindo todos que levantaram
Aprenderam caindo eu sei que eu erro eu sei
Que eu tropeço mais luto pra ter em fim um
Sucesso não sentir frio a noite não a chorar
De fome posso ter grana hoje mais um dia
Ela some você sabe o que é ver a tua mãe
Sofrer chorando nas noites escondida de
Você para não te deixar triste não afeta
A sua mente porque a sua vida é o que você
Sente ter sangue de raiva e raiva se tornara em um
Coração vazio que não sabe o que é amar se
A porta esta fechada eu pulo pela janela
Não paro no caminho nem que encontre uma
Favela eu luto pelo o que quero e quero é
Respeito eu não sou bandido não to aqui como
Suspeito mais vindo com calma que tudo se
Ajeita tudo fica no lugar e assim luto o que
Seja porque se não for lagrimas sempre terão
Em vão por dentro esta frio graças a seu coração
Nada é em vão tudo tem a sua razão melhor seguir
Firme do que seguir no chão o dia não se acaba
Pra quem luta planemente tem a capacidade de
Suporta a dor que sente sua mente sempre esta presente
Porque o presente aquele que luta pra conseguir
Seguir contente futuro eu que faço
Se quiser faço bem feito ninguém esta comigo
Nem mesmo o prefeito crianças perdidas sempre
Com calma cheia de cicatrizes de dor e sua
Alma rico na balada sem ter a consciência
Que em nem todo o sofrimento pode comprar
Inocência

Chega de revolta chega de sofrimento
Manifesta a justiça para o encerramentos chega
De dor chega de ambição manifesta a justiça
Dentro do seu coração (2x)

Vídeo incorreto?