"trutão",
Tá aqui o pesadelo daquela velha teoria,
Que preto não tem vez no mundo, tio ,
Mas quem diria que ele conseguiria ?
Que um dia viraria, se o hari tivesse vivo não acreditaria.

O chão que me criou dele eu carrego o nome,
A lei da rua me mostrou mesmo o que é ser homem.
Nunca julguei os erros, erros não são julgados,
Só avaliados, e com o tempo eles são reparados.

Sem tropeços e quedas eu não ia aprender,
Que cada um traça o caminho, agora eu posso ver.
E se você enxerga o mesmo, jão, vai compreender,
Apanhei demais da vida, agora é hora de eu bater.

As falhas no caminho, na disciplina acertei,
Os que me deu apoio em cada passo que dei,
Fundamental foi minha fé, meu caminho tracei,
Muito suor e lágrima levou aonde eu cheguei.

Bem ou mal, só lapidando o talento da mente,
É mais difícil a cada passo, quem passou entende.
Obrigado pai por cada gota de suor que escorre,
No fim do conto quem segue a história sempre morre.

Refrão:
Tô guerrilhando com os moleques de camisa larga,
Boné socado na cara, porra, já virou marca.
Gingando no calçadão, faz as pilantras ouriçar,
No peito a frase: "o vale é zica", os falsos vão recuar !
Batalhando com os moleques de camisa larga,
Boné socado na cara, porra, já virou marca.
Gingando no calçadão, faz as pilantras ouriçar,
No peito a frase: "o vale é zica" !

Sei que em cada viela de terra ficou marcado,
As pegadas do chão se vão, apagando o rastro.
E fica em cada pé quando a sola toca o chão,
A certeza que essas marcas não foram feitas em vão.

Aos poucos vão espalhando a mensagem,
Todos os povos que mostram ter no rosto a verdade.
Que a vida foi dura mas foi vivida com coragem,
Parceiro, eu tava no meio, vi que foi sem massagem.

Quantos corpos não foram feridos em vão ?
Os ferimentos vão deixando lágrimas no chão.
Daquelas mães que chora com o terço na mão,
Junto com as roupas de seu filho, a dor no coração.

Eu não vou deixar o sonho ser levado junto com o vento,
Sinto que as coisa tá engasgada aqui por muito tempo.
A gente quer mostrar que o rap tá vivão e vivendo,
Arde da vida com mensagem, muito fundamento.

Então ergue a cabeça e tenta enxergar,
Mostra pro mundo que você também tem pra ensinar.
Aprendi com quem tem experiência pra contar,
Que o sonho não se realiza se você não acordar.

Fiquei gravado na memória de quem me escutou,
Fiquei cravado na retina de quem me enxergou.
Foi muito guerra pra chegar aqui onde eu tô,
Corre, avisa ao sistema que o pesadelo voltou !

Vídeo incorreto?