O nosso amor condenado
Vai morrer dentro do peito
Não há mais chances pra ele
Não tem remédio nem jeito

Perdoe meu doce mel
eu não queria essa dor

Se não há felicidade
não foi por falta de amor

Fizemos planos bonitos
De sermos felizes juntinhos
Mais o destino mudou
O gosto dos nossos carinhos

Por onde eu estiver
e por onde você for

Haverá sempre lembranças
com marcas do nosso amor

Vídeo incorreto?