noite vem caindo, estou desacompanhado mas não estou
sozinho, ela esta do meu lado
O dia foi ruim, tenho que relaxar por isso estou
sentado à uma hora nesse bar
Curtindo esse som, Baby, que é pra eu ficar bom

A primeira já se foi, peço rápido a segunda-feira

A terceira ta lá dentro, que cachaça vagabunda
Só na quarta fico tonto, chamo logo o garçom
Ele vê que estou chapado e já vem com outra na mão

Bebo sem respirar, que é pra eu ficar bom

Vejo uma louraça, e nela vou chegar peço uma
caipirinha, que é pra eu me preparar

Pergunto seu nome, ela diz que é Camila, garçom venha
correndo e traga mais uma tequila
Pra eu ficar bom, Baby, Aumenta mais esse som

O estresse está passando, já consigo relaxar
Vou pedir uma coisa fraca que é pra eu me acalmar,
uísque 12 anos e cerveja geladinha
Uma Cuba Libre, quem sabe uma Caipirinha aqui nessa
mesa, curtindo esse som
Garçom uma Caipirinha, que é pra eu ficar bom
São quase duas horas e o bar esta fechando
Eu ainda estou com sede e a bebida está acabando, uma
dor de cabeça vem me acompanhar
Essa ora da manhã que remédio eu vou comprar
Então pra eu ficar bom, uma Caipirinha garçom


Acordo na calçada, são cinco da madruga, o Sol está
nascendo e eu ainda estou bebendo

Tudo gira a minha volta, ta na hora de parar, amanhã
acordo cedo, tenho que ir trabalhar
Então pro grande final, quero uma coisa bem quente,
pra eu ficar bom, uma dose de aguardente