Estou tendo problemas
Com a minha musa
Não quer mais me inspirar
Só quer ficar reclusa
Diz que vida infeliz como a dela não há

Minha musa não tem
Idéia o quanto é difícil
Dedicar-se à arte
Requer um sacrifício
Mas se não for o dela, sobre o quê vou criar?

[Refrão]
Ó minha musa, isso não se faz, isso não se usa
Você sabe que um artista não se dá bem com a recusa
Ó minha musa, como é que nisso tudo eu vou ficar?

Minha musa me acorda
Pra dizer que me odeia
Mando que se cale,
Depois tampo as orelhas
Pra voltar a sonhar em como é lindo o amor

Minha musa casou
Com outro cara do nada
Se mudou pro deserto
E apagou as pegadas
Tem dias que eu penso até que ela me abandonou

[Refrão]

Estou tendo problemas
Com a minha musa
Mas ela vai voltar
Só deve estar confusa
Vai lembrar com saudade todo bem que eu lhe fiz

Minha musa casou
Com outro cara do nada
Às vezes eu penso
Durante a madrugada
E sinto até inveja daquele pobre infeliz

[Refrão]

Vídeo incorreto?