Amor,
Como foi que deixamos o tempo
Nos tornar seres tão violentos
Que nos tiveram de internar

Amor,
Sempre fomos irmãos siameses
De tão juntos, brigamos às vezes
Só a polícia pra apartar

Amor,
Nossa vida que era tão bela
Tropeçou e caiu da janela
Foi o que eu disse ao promotor

[Refrão]
Dançemos então
Para aliviar nossa dor
Dançemos então
Esse bolero matador

Amor,
Você quer acertar nossas contas
Mas vejo no punhal que me apontas
Que não queres conversar

Amor,
Enquanto nós rolamos no asfalto
Um Scania aparece, tão alto
Não vai dar pra desviar

[Refrão]

Amor,
Não diga nada
De hoje não passa
Tudo acabou

[Refrão]

Vídeo incorreto?