Estou tão fora de mão
Longe até da solidão
Na beira do fim da estrada

Você reclama do que é normal
Como se fosse o único mal
Como se ninguém mais sentisse nada

Eu não penso assim
Pense então no que diz
Só quis comentar...
Comentário infeliz
Prefiro você com a boca calada

Se o que você quer
É impressionar
Eu sou a pessoa errada
Fale o que quiser
Fale até cansar
Não vou me lembrar de nada

Se eu terminar o que tenho a dizer
Posso provar-lhe que por A+B
Tenho a saída pro nosso problema

Eu mantenho o pé atrás
Não acredito em quem fala demais
Sei de cor sua próxima cena

Se o que você quer
É se acomodar
Eu sou a pessoa errada
Mas se prometer
Que vai me agradar
Não vou reclamar de nada

E eu vou lhe dar razão
Mudo até de opinião
Não que eu goste da ilusão
Antes ela à solidão

Se então é assim vamos deixar pra lá
Bondade sua por se preocupar
Posso seguir muito bem sem platéia

Não se preocupe em me telefonar
Escreva outra vez e vou te bloquiar
Mas deixe recado se mudar de ideia

Se o que você quer
É impressionar
Eu sou a pessoa errada
Mas se prometer que vai me agradar
Não vou reclamar de nada, não

E eu vou lhe dar razão
Mudo até de opinião
Não que eu goste da ilusão
Antes ela à solidão

Vídeo incorreto?