Ponta de espinho
Aquela roseira quebrada
Pra não crescer seu caminho
Ó meu amor que espante
Lá vem verde se abrindo

Com muito mais rosas nos galhos
E muito mais ponta de espinho
Com muito mais rosa nos galhos
Muito mais ponta de espinho

Por ser irmã do meu canto
Por não saber ser cativa
Quebrou a barragem que a força impôs
Pra se derramar mais bonita

Vídeo incorreto?