É uma ilha solitária mil sotaques
Uma trilha que descobre uma Babel
Encruzilhada de destinos
Super-homens, super quadras, multi-solidão
Presente em teu futuro, teus meninos, tuas meninas
Tuas asas, navegar sei que é preciso
Alguns trazem de ti flor do cerrado
Eu sempre que ti vejo planto roçados
É que quando me visitas realizo trazer-te sempre viva
Cidade-avião, vôo rasante, aeroplana no altiplano do chão
Cidade planeta, um desaguar de viajantes
Espaço, porto, cosmovisão
Quase que descubro a todo instante
Um lugar com semelhança a minha terra
Uma coisa indefinida, uma quimera
E penso ver no rosto
De algum novo habitante
A imagem próxima e distante
De minha primeira namorada

Vídeo incorreto?