Eu vivia voando no meu velho carro
Que era envenenado como cascavel
E na longa estrada de estreito asfalto
Só me ultrapassavam se viessem pelo céu

Sexta-feira era de se chocar
Piramide de lata sobre a luz do luar
Falávamos de carro e o assunto era mulher
Planos nós fazíamos e viver e o que queríamos

E o nosso ponto era em qualquer lugar
Só hoje eu vejo quanto isso foi bom pra mim
E eu aprendi a viver com muito pouco
Muito sobre a vida e um pouco sobre amor

E os vidros da caranga embaçavam de paixão
E eu queria tudo e ela ainda não
Só no amasso muitos beijos e um sorvete no final
Levava ela pra casa e voltava pro astral

Sexta-feira era de se chocar
Piramide de lata sobre a luz do luar
Falávamos de carro e o assunto era mulher
Planos nós fazíamos e viver e o que queríamos

E o nosso ponto era em qualquer lugar
Só hoje eu vejo quanto isso foi bom pra mim
E eu aprendi a viver com muito pouco
Muito sobre a vida e um pouco sobre amor

Eu vivia voando no meu velho carro
Que era envenenado como cascavel
E na longa estrada de estreito asfalto
Só me ultrapassavam se viessem pelo céu

E os vidros da caranga embaçavam de paixão
Eu queria tudo e ela ainda não
Só no amasso lindos beijos e um sorvete no final
Levava ela pra casa e voltava pro astral

Sexta-feira era de se chocar
Piramide de lata sobre a luz do luar
Falávamos de carro e o assunto era mulher
Planos nós fazíamos e viver e o que queriam

E o nosso ponto era em qualquer lugar
Só hoje eu vejo quanto isso foi bom pra mim
E eu aprendi a viver com muito pouco
Muito sobre a vida e um pouco sobre amo
Muito sobre a vida e um pouco sobre amo

Vídeo incorreto?