Ave!
Que em minha casa deixaste
A face
Em todos os espelhos
Tuas asas
Manchadas
E voaste entre as cortinas
Te aninhaste entre os lençóis

Pássara!
Que em meu corpo pousaste
O rosto
Todo em sorrisos
Passageira
Veloz em minha vida
E brincaste na janela
Tão livre

Pássara!
Passarás novamente!
E lá fora és o vento distante de mim!
Pássara!
Passarás novamente!
E lá fora és o vento distante de mim!

Vídeo incorreto?