Te imaginar
Sem que os olhos possam ver
Te alcançar
Sem contar até três
A noite chega
Eu procuro achar palavras
Sem pensar em nada mais uma vez
Traído pelo meu coração
Vou pulsando calado
Quase sempre o amor está
No sentido contrário

E desse amor eu me desfaço
Um vidro frágil em pedaços
Apenas jogo de azar
Pode ser
Então que fique só por conta do acaso

Te imaginar
Sem que os olhos possam ver
Te alcançar
Sem contar até três
A noite chega
Eu preciso achar palavras
Mas sem pensar em nada mais uma vez
Traído pelo meu coração
Vou pulsando calado
Quase sempre o amor está
No sentido contrário

E desse amor eu me desfaço
Um vidro frágil em pedaços
Apenas jogo de azar
Pode ser
Então que fique só por conta do acaso

Vídeo incorreto?