Se não fosse o meu Padinho
Se não fosse o Frei Damião
Eu não 'güentava a saudade
Que fez um ranchinho
No meu coração

Dá-lhe saudade
Dá-lhe sofrimento e dor
Ai! Que maldade
Não machuque quem amou

Hoje só me resta a prece
Valei-me meu protetor
Quem gostou nunca se esquece
Guarda o cheiro e o sabor

Guarda o que quer na lembrança
Guarda o lenço que usou
Pra pedir a contra-dança
Pra enxugar o que chorou

Guarda um beijo de criança
Guarda o espinho da flor
Guarda a fé e a esperança
De arranjar um novo amor

Dá-lhe saudade
Dá-lhe sofrimento e dor
Ai! Que maldade
Não machuque quem amou

Dá-lhe saudade
Dá-lhe saudade...

"Saudade o meu remédio é cantar"

Vídeo incorreto?