Há muito tempo que eu tento
Me livrar da escravidão
De pensar só em você
Que não me dá nem atenção

Nem mesmo nos meus sonhos
Quando estou de olhos fechados
Não me deixa descansar
Tornando noite, dia claro

Eu não me canso de ser o seu escravo
Eu não me canso de ser o seu escravo

Quanto tempo eu invento
Que estou nesta prisão
Acho que no fundo gosto
De alimentar essa paixão

E dela me alimento
É meu pote de ilusão
Meu emprego e passatempo
Minha dor e diversão

Eu não me canso de ser o seu escravo
Eu não me canso de ser o seu escravo

Vídeo incorreto?