Ela entrou na dança
Ela adorou
Com seu jeitinho de gata
Ela sabe que abalou
Menina quando vai pra rua
Vai pra namorar
Ela bota pra ferver
Bota pra quebrar

Olha o rebolado dela
Tá me chamando lá no meio do salão
Bundinha arrebitada
Num shortinho apertadinho
Perninha douradinha
De menina tentação

Olha o rebolado dela
Me provocando lá no meio do salão
Eu vou chegar juntinho
Dançar agarradinho
No meio desse frevo
Pra ganhar seu coração

Ai, ai, ai, ai, ai
Me leva assim gostoso
Nesse embalo que eu quero ver
Ai, ai, ai, ai, ai
Me enrrosco no teu corpo
Tiro um sarro com você

Se ela não tem dono
Se ela não tem dono
Ela é minha
Ela é minha

Dessa vez te peguei de jeito
Com a armadilha que armei pra você
Fica aqui dentro do meu peito
No meu coração, eu vou te prender

Vou te dar todo meu carinho, carinho
Com prazer te apaixonar
E viver com você benzinho, benzinho
Até o mundo se acabar

Se acabar com muito amor,
Eu sei que vou
De você me lambuzar, vou delirar
Deixa assim que eu tô que tô,
Eu vou que vou
Dia e noite sem parar

Ai ai ai, ai ai ai
Ai ai ai, ai ai
Como é doce a brincadeira
Ai ai ai, ai ai ai
Ai ai ai, ai ai
De te amar a vida inteira

Essa noite eu sonhei com você
E queria bem mais que sonhar
Acredito que já percebeu
Na amizade entre você e eu
Tá pintando uma diferença

Eu não sei o que aconteceu
Mas a minha intenção mudou
Se te via como uma amiga
Ou a dona do meu amor

Eu tô confuso
No que vou fazer
Te querendo amor!
Te querendo amor!
Mas cheia de vontade
De me declarar
Te querendo amor!
Te querendo amar!
Será que a amizade
Vai prevalecer
Te querendo amor!
Te querendo amor!
O nosso sentimento
Vai se libertar

Vídeo incorreto?