Uma vez era um peixinho
Sonhava tanto voar
Seu pulo, claro
Ia pouco além do véu de espuma

Pediu então pra uma nuvem
Quando ela choveu no mar
Conte no canto da chuva
Como é lá em cima

Será que as estrelas daqui
São como as estrelas de lá?
Quantos peixes têm que luzir
Pra fazer o sol brilhar?

Onde é que termina o céu?
Quem plantou na noite o luar?
E coro de anjos canta como sereia?

Disse a nuvem pro peixinho:
Não se apresse no sonhar
Viva seu mundo marinho
Deixa o tempo passar...

Peixe vira passarinho
Eu também já fui do mar
Você que faz o caminho
Basta não duvidar

Vídeo incorreto?