Quando acorde chamei por ela
Nessa janela em frente ao mar
Naquela porta a despedida
Nossa casa já sem vida

Eu que fiz tantas serenatas
Roubei canções o azul do mar
Rua de prata sobre as rosas
Chorei muito por tua falta

Minha doce namorada
Custa tanto acreditar
Que a pessoa apaixonada
Sofra tanto por te amar

Das paixões arrebatadas
Das canções sentimentais
Somos letras inspiradas
Em Vinícius de Moraes

Vídeo incorreto?