Sou um cara velho
de franja
cara romana
um escaravelho
Sou um cara
de fala atropelada
quando tomo bolas
como não as tomo
sou um cara de feições caladas
Sou isso e aquilo
gosto de samba
não gosto de leite
gosto de palavras
inclusive as faladas
gosto de bicho
gosto de gente
quando estou contente
Quando estou contente
Sou um bicho
de olho reluzente
gosto de revolução
gosto do seu cabelo preso
gosto de café
gosto de Nara Leão
gosto das corcovas do camelo
que mastiga o infinito
gosto de vinho
quando bebo
como não bebo
gosto de bebê-lo
gosto de crianças
dançando na sala
ao meu redor
enquanto escrevo
esse poema torto
para alertá-la
que eu te amo
gosto de tudo em você
gosto do seu sangue egípcio
Gosto de tudo em você
Gosto de tudo em você

Vídeo incorreto?