Não quero troféu
Nem primeiro lugar
No final da guerra basta te encontrar
Machuquei meus pés
Feri as minhas mãos
Mas não deixarei de caminhar
Nos planos do seu coração
Cada dia que te dou meu ''sim!''
A minha carne grita ''não!''
Nessa luta minha cruz pode até tocar o chão
Mas não me entrego, te adorar é a minha reação

O meu prêmio é a salvação que vem de ti
É a glória preparada para mim
Vou te abraçar, vou te abraçar
Quando a linha de chegada eu cruzar

O meu prêmio é a salvação que vem de ti
É a glória preparada para mim
Vou te adorar, vou te adorar
Carregando a minha cruz pra te encontrar

Vídeo incorreto?