Eu quero festa, eu quero farra
Dia e noite, noite e dia
Aqui a tristeza pula de alegria..

Tava numa de sofrer
Não parava de beber
Eu vivia no buteco

Na sinuca e na trucada
Só perdia e a molecada
Me chamava de marreco

Só por causa da morena
Que de mim não teve pena
Entrei nessa situação

Mas agora eu to mudado
Bonito igual rei do gado
Encontrei a solução

Vídeo incorreto?