De presente de um ano de namoro
Eu te dei um cachorro
Você falava que gostava de animais
E ficou feliz demais

Ele tentava subir junto em nossa cama
Eu tirava, e você ria disso
Cê dizia: Deixa ele, amor
Finge que ele é o nosso filho

E quando a gente brigava
O cachorro entrava no meio e latia
E a gente dava risada
A raiva passava e da briga esquecia
Mas você se foi, mas um dia você se foi

É Preto, agora é só nós dois
É, tá difícil só nós dois aqui em casa
Sei que dos carinhos dela sente falta
Não me olhe com esse olhar

É, o barulho lá na porta não é ela
Não precisa mais correr com tanta pressa
Preto, ela não vai voltar
Pega a bolinha e vem brincar

Vídeo incorreto?