Eu sou latino americano
E muito cabra macho
Nordestinamente doido
Por esse Brasil
Nortenamente sulista
Centro-sudestino
Vê se não perde o teu tino
Pátria mãe gentil (BIS)

Gosto de ver hasteada
A tua bandeira
Numa nação estrangeira
Sob a luz do sol
Lentamente conduzida
Ao som do teu hino
No reinado absoluto
Do teu futebol
Gosto de saber que ainda és
Pulmão do mundo
Dá um desgosto profundo
Vendo tudo se acabar
É preciso meu país
Cuidar da tua imagem
Não perder tua coragem
E tua força pra lutar

Fique atento meu Brasil
Não deixe isso acabar
Tá vendo que as águas
Só correm pro mar
Não vá se iludir
Por mais 500 anos
Na mão dos americanos
Não quero ficar
Eu quero que a brasilidade
De todo esse povo
Seja sempre um grito novo
Pelo mundo a caminhar

Vídeo incorreto?